7 de outubro de 2010

Ceu e a Terra

“Ela tornava o céu ciumento com as suas cores. E o que vinha dele era solitário como a versão de um poema inacabado. Cuidava de uma lâmina rija que fazia pequenos cortes. E desejava a ela uma boa noite de chuva. Mas ela era doce o bastante para fazer com que ele se abrisse em sol. Como quem lutava para que a fantasia não desaparecesse. Bordava seu nome nos ares. Brumoso comenta que a carrega. A deriva na via Láctea. Arando o céu de estrelas com a força de seus mistérios. Porque seu amor está entre o céu e a terra, num secreto calendário dedicado ao vento.

(Pipa)


Um comentário:

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

E com as palavras de Shakespeare, finaliza-se triunfante este belço trecho.

"Existem mais mistérios entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia"

Beijos

Ofertas! Brandsclub

Amo muito isso!!!

Ofertas Bondfaro e Buscapé!!!!

Related Posts with Thumbnails