13 de setembro de 2011

Sobre o Ritual

Anotar na agenda mental:

Pegar as pedras fortemente, apertá-las contra o peito;

comprimir a cabeça e o corpo inteiro contra as árvores;

pisar descalço na terra; colocar balas e doces (sempre em número ímpar)

ao pé das árvores grandes para os duendes e

devas e erês comerem e ficarem teus amigos;

deixar na cabeceira toda noite copos de água com açúcar

para as fadas virem beber de madrugada.

Acender velas para chamar LUZ;

jogar rosas amarelas nas águas dos rios para Oxum.

Coisas assim: ritualizar, para dialogar com O Mistério.

Para que ele te/nos proteja.

Coisas claras, panos brancos, incensos e flores.

Purificar, purificar o que na essência da nossa condição humana

é pura e medonha treva de desconhecimento de todos os porquês.¨


Caio F. de Abreu

Um comentário:

Um Oficial com Espada Própria disse...

Em belíssimo post lhe digo que: Sempre é saber sobre o ritual e conhecer mais independentemente do desconhecimento de todos os porquês.

Ofertas! Brandsclub

Amo muito isso!!!

Ofertas Bondfaro e Buscapé!!!!

Related Posts with Thumbnails