2 de maio de 2013

Mas eu não desisti. Só deixei o tempo resolver por mim.


Eu já busquei respostas, mas as perguntas são tantas...

Me perco entre a certeza de um querer, e os medos que ele me traz.
Invento momentos e desisto deles, como quem constrói sonhos, pra destruí-los em seguida.
E as vontades são proporcionais à quantidade de desistências.
Digo que dessa vez o ‘não’ é pra sempre, mas pra sempre é tanto tempo, quase morro de saudade.
Fujo do seu sorriso, desvio do seu olhar, evito sua voz. Mas é você que aparece na minha frente cada vez que me falam de amor.
É que o (meu) mundo fica um pouco cinza, quando você não faz parte dele.
É que os outros abraços não encaixam no meu como o seu.
É que eu cansei de - em vão - planejar nós dois...
E me dói o vazio (que eu cavei) do que tinha tudo pra ser lindo e não foi...

Mas eu não desisti. Só deixei o tempo resolver por mim.

Cativar & Cultivar (Por Karla Tabalipa)

Um comentário:

Bell disse...

lindo texto!!

bjokas =)

Ofertas! Brandsclub

Amo muito isso!!!

Ofertas Bondfaro e Buscapé!!!!

Related Posts with Thumbnails