2 de junho de 2012

Quem sou eu . . .

Se o doce amargo das águas ou o vento frio da chuva ou a imagem do porta retrato ou os segredos mais secretos pudessem dizer á minha sombra quem eu sou!
Se até minha sombra quando o sol se esconde entre as nuvens me abandona e se afasta de mim talvez eu poderia dizer quem eu sou ...
Se sua própria sombra abandona você e te deixa sozinho são nessas horas de maior solidão que são travadas grandes batalhas, muitas delas contra você mesmo e talvez depois de tantas guerras eu poderia dizer quem eu sou!
 Na verdade a gente nunca sabe de fato quem nós somos, se as próprias estações mudam por si só, mudamos sem pedir permissões e ai depois de tantas mudanças talvez eu consiga dizer quem eu sou...
Talvez eu pudesse dizer quem eu sou se achasse respostas o porque do amargo das águas do mar, ou o sentido do vento frio da chuva ,ou a lembrança de uma fotografia, eu poderia dizer quem eu sou...



Tiago Brito

Um comentário:

Morena Lu disse...

Lindo demais!! Peguei o texto em forma de nota no face, mas com todas as referências de autoria e publicação. Amo esse cantinho e me identifico demais com muitos textos. Parabéns!!

Ofertas! Brandsclub

Amo muito isso!!!

Ofertas Bondfaro e Buscapé!!!!

Related Posts with Thumbnails