12 de fevereiro de 2013

O SEU PROBLEMA PODE SER A FALTA DE SEROTONINA!!!

SEROTONINA!!!
Mau humor de manhã, sonolência durante o dia, inibição do desejo sexual, vontade de comer doces, comer a toda hora, dificuldade no aprendizado, distúrbios de memória e de concentração fácil irritabilidade, cansaço sem motivo aparente ou fica sem paciência facilmente.
 
A serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro regulando o humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade a dor, movimentos e as funções intelectuais.

Quando ela encontra-se numa baixa concentração pode levar ao mal humor, dificuldade para dormir e vontade de comer o tempo todo, por exemplo, e uma das formas de aumentar a concentração se serotonina na corrente sanguínea é consumir alimentos ricos em triptofano, outra é praticar exercícios físicos com regularidade.

-> Sintomas da serotonina baixa
A baixa concentração de serotonina no organismo pode levar ao aparecimento de sintomas como:
- mau humor de manhã;
- sonolência durante o dia;
- inibição do desejo sexual;
- vontade de comer doces;
- comer a toda hora;
- dificuldade no aprendizado;
- distúrbios de memória e de concentração;
- fácil irritabilidade;
- cansaço sem motivo aparente;
- ficar sem paciência facilmente.
 
-> Alimentos para aumentar a serotonina
Alguns alimentos ricos em triptofano que servem para aumentar a taxa de serotonina no organismo, são:
- chocolate preto;
- vinho tinto;
- banana;
- abacaxi;
- tomate;
- carnes magras;
- leite e seus derivados;
- cereais integrais;
- castanha do Pará.

Alimentos como estes devem ser consumidos diariamente, em pequenas proporções, várias vezes ao dia.
Por exemplo: você pode tomar uma vitamina de banana com castanha do Pará no café da manhã, comer um peito de frango grelhado com salada de tomate no almoço e tomar 1 taça de vinho tinto após o jantar.

SEROTONINA, segundo a Wikipedia:

A serotonina ou 5-hidroxitriptamina (5-HT) é uma monoamina, isto é, uma molécula envolvida na comunicação entre neurônios.

Esta comunicação é fundamental para a percepção e avaliação do meio e para a capacidade de resposta aos estímulos ambientais. Diferentes receptores detectam este neurotransmissor, envolvido em várias patologias.

A serotonina parece ter funções diversas, como o controle da liberação de alguns hormônios e a regulação do ritmo circadiano, do sono e do apetite. Diversos fármacos que controlam a ação da serotonina como neurotransmissor são atualmente utilizados, ou estão sendo testados, em patologias como a ansiedade, depressão, obesidade, enxaqueca e esquizofrenia, entre outras. Drogas como o "ecstasy" e o LSD "mimetizam" alguns dos efeitos da serotonina em algumas células alvo. O ecstasy promove libertação maciça de serotonina e posterior depleção delas.

Em geral, os indivíduos deprimidos têm níveis baixos de serotonina no sistema nervoso central. Neste caso, deve se administrar inibidores da recaptação de serotonina pelos neurônios, como a fluoxetina, resultando em maior disponibilidade deste neurotransmissor na fenda sináptica. Um certo número de alimentos, como bananas, tomates, chocolate e o vinho são ricos no precursor da serotonina, o triptofano.

O triptofano é o amino-ácido sintetizado para criar a serotonina através de sucessivas hidroxilações no anel aromático e descarboxilações. Sem este precursor não é possível sintetizar serotonina suficiente.
 

Nenhum comentário:

Ofertas! Brandsclub

Amo muito isso!!!

Ofertas Bondfaro e Buscapé!!!!

Related Posts with Thumbnails