26 de maio de 2013

O que foi que eu fiz da minha vida (mais um desabafo)

Queria estar escrevendo coisas diferentes, quem sabe uma linda carta de amor, mas depois de um tempo, coisas como romance, só em livros e filmes.
Queria estar apaixonada por mim, pelas vida, mas não é tão fácil assim, essa química comigo não acontece.
Olho ao meu redor e o que eu vejo: NADA!
Nada além do que plantei e cultivei esses anos todos, muita mágoa, revolta, insatisfação e inconstâncias, tudo cuidado e regado com lágrimas, silêncio e renúncias...
Ah! RENÚNCIA, palavra bonita né, mas de significado tão doloroso. Sou hoje a soma de inúmeros erros, falhas e pouquíssimos acertos, e o que sobrou, uma pessoa vazia e amarga.
Que se fazer de forte, é uma interpretação, uma máscara, talvez, é como se fosse parte de seu teatro, vive se escondendo atrás de muralhas invisiveis ao olho alheio, se auto defende de si mesma, porquê, pra quê e pra quem????????
Afinal, quem sou eu, o que eu quero exatamente da minha vida, o que eu espero dela e das pessoas?
O que foi que eu fiz da minha vida e principalmente: O QUE FOI QUE EU FIZ DE MIM???
São perguntas, perguntas, não me canso de repeti-las, todos os dias, mas por mais que procure, não encontro respostas, não, só esse lamaçal de dúvidas!
Sinto saudades de quem eu fui, dos amigos que tive, da vida que levei...Boas lembranças ficaram, e nada mais que isso, não posso negar que elas me ajudam a adoçar um pouco os meus dias tão amargos.
Hoje, sou simplesmente um rascunho, mal acabado de tudo q desejei pra mim!!!!!
Não tenho amigos,  e com o tempo percebi que construi muralhas, ao invés de pontes ao meu redor, mas não reclamo dessa minha exclusão, algumas pessoas e alguns tipos de pessoas me fazem muito mal, não acrescentam em nada, só nos diminuem, então chego a conclusão que é melhor assim.
Sentada aqui, compartilhando minha monótona e pacata vida de dona de casa, com essas singelas linhas, percebo que o meu "casamento", será essa a palavra, mas enfim, esse relacionamento que as vezes que tenho a impressão de ser o maior erro da minha vida, insistir com ele, tem durado e persistido ao longos desses  10 anos, como um milagre...Acreditava que apesar das diferenças, da individualidade de cada um, com o tempo as coisas se encaixariam, hoje, é diferente, já não vejo possibilidades, tudo é questão de tempo pra levar um pé na bunda. Falta muito companheirismo, amizade, lealdade, respeito e por que não Amor.
Eu vivo aqui, nesse meu mundinho, nessa minha zona de conforto, não me vejo e nem me sinto mais bonita e  muito menos desejada, e olha que já tirei muitos suspiros, rsrs...
Sem perspectivas, sonhos e vontade de vencer, vou levando a minha vida...Oh! Vida!!!
Ele tem seu mundo, paralelo, totalmente do meu... Tem seu trabalho, voltou a estudar, sai com os amigos, corre atrás de seus sonhos, mas não o culpo não, ele esta certíssimo, se ele tem a oportunidade, porque não agarra-la.
Não é difícil adivinhar, que logo encontrará alguém que o complete, que o acompanhe, que tape o buraco que eu deixei.
Doí muito, reconhecer tudo isso, doí mesmo.... Mas o que eu posso fazer?????? me sinto tão sem forças, desestabilizada, desanimada e acima de tudo muito insegura.

E, se de fato, se isso já ocorreu, se já fui traída, sei que tenho uma parcela de culpa, mesmo sendo difícil, reconhecer isso!! Poderei eu, exigir alguma coisa!? Não sei!?!?!
Como estou fragilizada, confusa e perdida...
Queria ter a coragem de jogar tudo pra cima, tomar as rédeas da situação, mas existe algo maior que eu, maior que meus desejos, maior que minha força, que não sei explicar ao certo o que é, que me joga pra baixo e lá me prende...
Ontem, escutar dele, que ele sabe que não gosto dele, doeuuuu muitoooo! Doeu ouvir isso, e não puder dizer que ele está enganado, porque eu mesma não tenho essa resposta!
Mas me pergunto, porque ele aceita essa situação, porque me ama? Não acredito nisso também, tenho várias hipotéses, algumas delas seriam: talvez que ele seja tão covarde quanto eu, ou como eu, esteja também em sua zona de conforto, o que é muito cômodo pra ele, deixar as coisas como estão, e viver de aparências, ou por falta de opção!!!
Nossa minha cabeça ferve, chega a borbulhar os pensamentos, não tô feliz, e nem poderia estar com tudo isso acontecendo, mas o que posso fazer?????????
Quem sabe uma boa companhia, uma dança e um bom vinho, resolvesse em parte os problemas, rs
Necessito sentir-me querida, amada, desejada e compreendida...
Meus defeitos gritam tão alto que silenciam minhas qualidades, talvez seja por isso que passo despercebida na multidão...
Tem meu filho ainda nesta historia toda, queria ser a mulher perfeita, a mãe maravilha, me cobro muito por não ser, ás vezes olho pra ele e tenho a leve impressão que se ele não tivesse nascido as coisas poderiam ser diferentes, mas basta um sorriso ou simples Manhêê, pra ver que nada nessa vida é por acaso, que ele não é engano, muito menos renúncia na minha vida, simplesmente ele é toda a razão do meu viver, a razão de ainda insistir em viver, de ter motivos de levantar todos os dias de manhã. Ele preenche todas as lacunas que a vida me deixou. Confesso, que se não fosse por ele, talvez já tivesse desistido de viver, apesar de tão pequeno, ele é o meu maior porto seguro, é ele que abraço qdo estou triste, e por ele que sorrio todas as vezes que tenho vontade de chorar.
Sinceramente, espero um dia, poder olhar pra trás e dizer: QUE TUDO VALEU Á PENA!!!

Flávia Peruci
Cat. 26/05/13 - 02:30 da manhã

2 comentários:

Graceful light disse...

Boa tarde
sei o que sente, sei de cor o que escreveu, e também sei que sabe que o que procura está dentro de si ... e acredito que depois de uma noite bem dormida é capaz de o sentir no seu interior.
Sentir amor vem de dentro, do coração, quase todas as relações são recuperaveis, as pessoas é que podem não querer ou não saber como o fazer.
Pelo modo como escreve, sei que tem o dom da escrita, e acredito que também tenha facilidade no Inglês, procure no youtube por filmes de Abraham (Ester Hicks).
Numa parte do livro Poder da autora do Segredo, ela refere que o amor, que é a base vida no mundo quando existiu, pode ser sempre acordado, desde que a pessoa volte a ver a outra através dos olhos do amor, revendo tudo o que fez amar e escolher o outro. Não é necessário para isso estarem ambos de acordo, a mudança num, provoca a mudança da vibração entre o casal e consequentemente a mudança do outro.
No fundo, não esqueça que o casamento que tem mais probabilidade de dar certo é o primeiro, a precentagem vai decrescendo conforme o numero de casamentos.
Quando não paramos para pensar e ver o que devemos mudar em nós e os padrões que vamos seguindo, a probabilidade de atrairmos para a nossa vida alguém semelhante ao anterior é enorme.
Não me parece que algo esteja perdido na vossa relação, somente você, e provavelmente porque vê-lo empolgado e cheio de projectos que a excluem a deixam desanimada e sentido que está parada no mesmo lugar, estagnada.
Pense melhor, muitas vezes esses momentos são os momentos mais mportantes na nossa vida, naqueles em que definimos quem somos, crescemos e planeamos os anos que se seguirão.
Lhe desejo tudo de bom, se precisar de trocar umas palavras, uma conversa de incentivo, procure por graceful light no facebook, é a minha pagina de pensamento positivo.
Blessings

Flávia Cristina Peruci disse...

Obrigada pelas palavras Graceful, muito incentivadoras, me fizeram bem, seja sempre bem vinda ao meu blog, é bom saber que não encontro sozinha , e que tem pessoas que tb sofrem caladas, me sinto realmente muito desanimada, mas sigamos em frente, tenho fé que no final tudo dará certo..bjs na alma!!Flávia

Ofertas! Brandsclub

Amo muito isso!!!

Ofertas Bondfaro e Buscapé!!!!

Related Posts with Thumbnails