1 de outubro de 2011

Trapezista da minha própria existência . . .


Eu adoro ser um trapezista nesse circo escandaloso em que minha vida se transforma. Às vezes estou na corda bamba, às vezes faço papel de palhaço, às vezes rio dos outros palhaços. Tem dias que rio de mim mesmo, e tem dias que enfrento feras e metáforas. Mas vivo sempre lá em cima, trapezista da minha própria existência. Quase sempre mando que até retirem as redes de proteção para que o risco seja maior que o riso, para que os saltos sejam mais altos e profundos, para que a aventura seja mais emocionante e mais perfeita. E se um dia eu voar de encontro ao chão, isso não terá importância alguma, porque viverei também a emoção da própria queda. Quem cai por amor à vida, cai sempre para cima.

Edson Marques

Nenhum comentário:

Ofertas! Brandsclub

Amo muito isso!!!

Ofertas Bondfaro e Buscapé!!!!

Related Posts with Thumbnails